Eu Gosto de JÓgos #126 – A Mulherada nos Games!

EGJ126

EEEEEEEu Goooooosto de JÓÓÓÓÓÓgos e de mulheres nos games! Bebs, Debs, Paraguaya, Lilith e Sailor Ilapso discutem sobre a participação das personagens femininas no mundo dos Jógos e Diversão neste 8 de Março, dia internacional do aniversário da avó do Ilapso! As personagens femininas continuam estereotipadas? Há uma luz no fim do mundo? As mulheres fruta e as princesinhas indefesas têm o seu valor?

Queremos saber a sua opinião. Comente abaixo!
Dê o joinha no Facebook!
Grupo da galera no Facebook!
Siga o Twitter @baixofrentesoco!
Veja-nos (QUASE) diariamente no Twitch.tv!
Escute a nossa Radil, que toca JÓGOS 24 horas por dia!
Sugestões, críticas e POOORRRRRADARIAS para eugostodejogos@baixofrentesoco.com.
E, em breve, teremos o nosso YuYutube!

Download: Clique Aqui! (Duração: 90 minutos)

Ou ouça por aqui mesmo:

Play

Links Linkados!
Cyber Ninja Inimigo, por DevilBoy
Ilapso no Objection! do FênixDown
Ninja Inimigo no Melhor de Três, também no Fênix Down
Ilapso e Ninja Inimigo no Papo de Noob do Level+!
A série Vikings, do History
Sean Connery WIFEBEATER (valeu, Cavaleiro Kong, por postar nos comentários!)

Você pode deixar um comentário, ou trackback do seu próprio site.

41 Comentários to “Eu Gosto de JÓgos #126 – A Mulherada nos Games!”

  1. Strafer says:

    Woowww! Cast no primeiro minuto da sexta? Acho que vou ter que demorar um pouco mais pra dormir hoje. 😉

  2. Cres says:

    Ô Bebs, o jogo que a menina corta a cabeça do namorado pra salvá-lo é Lollipop Chainsaw, e não Bayonetta 😉

  3. LUNATIC says:

    Muito bom tema, e sou um dos poucos que gosta de jogar mais com mulheres do que com homens nos jogos. Baixando.

  4. eltonbm says:

    Logo depois do podcast com To the Moon, com uma tremenda protagonista. Isso foi planejado desde o princípio!

  5. Animagamer says:

    o/ Euuu gostooo de jogosss e molieresss

  6. Biostalker002 says:

    Mulhegada ownou o cast hehehe

  7. Aeeee!! Boa, bem que chutaram certo no Facebook que seria um "Poder dos Peitinhos 2"

    Cacete!!! Nem assim a Ninja Inimiga participa!!
    É uma "princesa dos sayajins" mesmo e não se junta aos "vermes" do BFS! Tem que ver isso ae…Huahauhauahuahuahuahuahuahu…

  8. Rachando de rir do Ilapso lendo o e-mail do McSundae, ficou muito igual! Huahuahuahuahua…

    Mas ae…. podem contar comigo no que precisarem nessa empreitada do BFS de crescer e dominar o mundo!

    Quando terminar de escutar comento mais. =D

  9. Bebs says:

    Aêeee! o/

  10. Ae Ilapso, parabéns pela preocupação com o ouvinte e não ter dado spoilers na leitura dos e-mails.
    Isso parece ser uma coisa bobinha, mas eu pelo menos já tomei muito spoiler na cara em uns podcasts famosos aí, cheios de "príncipes dos sayajins".

  11. Cara explicando sobre o esquema do Sean Connery: http://stephie5741.blogspot.com.br/2010/07/sean-c

    • Original: http://seanconneryonline.com/art_playboy1165.htm
      "PLAYBOY: How do you feel about roughing up a woman, as Bond sometimes has to do?

      CONNERY: I don't think there is anything particularly wrong about hitting a woman–although I don't recommend doing it in the same way that you'd hit a man. An openhanded slap is justified–if all other alternatives fail and there has been plenty of warning. If a woman is a bitch, or hysterical, or bloody-minded continually, then I'd do it. I think a man has to be slightly advanced, ahead of the woman. I really do–by virtue of the way a man is built, if nothing else. But I wouldn't call myself sadistic. I think one of the appeals that Bond has for women, however, is that he is decisive, cruel even. By their nature women aren't decisive–"Shall I wear this? Shall I wear that?"–and along comes a man who is absolutely sure of everything and he's a godsend. And, of course, Bond is never in love with a girl and that helps. He always does what he wants, and women like that. It explains why so many women are crazy about men who don't give a rap for them."

  12. mcsundaeguy says:

    Ótima ideia de fazer o podcast sobre "mulheres nos jogos e diversão" só com mulheres (e o ilapso).

    Sinto, por experiência, que nesse tipo de discussão, quando tem homens demais, todos os participantes ficam por demais preocupados em se desculpar e se justificar, ou ainda tentando conciliar e arrumar meios-termos para toda situação e exemplo, o que acaba gastando tempo sem chegar a nenhuma conclusão e por consequência o podcast nunca permeia toda a nuance do assunto. =(

    Um beijo também para a Bebs por defender a Lara Croft de forma crítica. Essa personagem é um daqueles casos perdidos onde uma afirmação é tão repetida que se torna inquestionável. Pessoas sentem-se seguras em usá-la como exemplo de má personagem feminina sem precisar jogar totalmente os jogos, se concentrando só com o fenômeno cultural que a imagem dela provocou (o sutiã 42DD não ajudou). xD

    Finalmente, quero dedicar o resto do comentário a minha protagonista feminina favorita: "April Ryan" do premiado adventure-game "The Longest Journey" (1999) que antes do "To the Moon" era a minha favorita referência para narrativa emocional com personagens carismáticos, multidimensionais e verossímeis.

    Como recomendação de graça é pouco, mando um Jabá sobre o KICKSTARTER do novo jogo da série "The Longest Journey" e sequência para o "Dreamfall: The Longest Journey" (2006), O Dreamfall Chapters.

    Só faltam 2 dias para terminar e estamos próximos da "milestone" de $1.500.000,00 que adiciona mais localidades e personagens ao jogo além de uma "commentary track" da equipe.
    Posso dizer que nunca estive tão animado por um projeto do kickstarter, nem mesmo o adventure da double fine. 😀

    Edit: Estou disposto a discorrer mais sobre o conteúdo do e-mail de "To the Moon" que mandei pra um post no site. Para quem quiser ler, segue um link do original. mas lembrem-se, como disse o ilapso, são muitos spoiler graves.

    • Ilapso says:

      E o seu texto está também no post do episódio de To the Moon, o 125. E considere o convite que fora feito.

    • mcsundaeguy says:

      ..E agora o link do e-mail está disponível para visualização no gdocs, porque eu fui um idiota de não fazer isso logo de cara.

      • Biostalker002 says:

        gostei da imagem, cara do sorvete

        • mcsundaeguy says:

          Imagem? do meu nickname?
          eu tive a ideia dela quando criei o nickname em si. ela inclusive tem um significado terrivelmente sem graça e difícil de adivinhar que revela o meu nome de verdade. =)

          • Já sei!
            Seu nome é… Mercival Campos Domingos
            Mer. C. Sunday guy. lol
            Zueira. Hauhauhauahuhua…

            (Mais fácil ser Marcelo = "Marc Sunday". Hahaha…)

  13. LocoMilk says:

    Putz a musa tinha que estar nesse cast véi!!!
    A presença dela é de total e relevante importanciia na história dos games XD!!

  14. ManoY says:

    Mcsundaeguy é o brasileiro híbrido, melhor sotaque!

  15. Shadow_Matos says:

    Pô, bem legal leram logo o primeiro e-mail que mandei! Agradeço muito os elogios, de verdade! 🙂

    Só esqueceram de colocar o link da OST. É esse aqui: http://freebirdgames.bandcamp.com/album/to-the-mo

    Como o Ilapso disse ela é super barata e ajuda pessoas que precisam muito. E garanto que vocês vão aproveitar também, pois as músicas são excelentes, por mais simples que sejam.

    Valeu BFS! Vocês são foda!

  16. Como bom fã de Yu Yu Hakusho, achei a abertura sensacional.
    Quanto ao conteúdo do podcast, não tenho nada a acrescentar.
    Deixar as meninas à vontade para falar de mulheres nos games deu muito certo.

    Ah! Sobre o debate comentado na leitura de e-mails (o do dia do dilúvio), foi irado. LudoBardo e Ilapso pareciam até que sabiam do que estavam falando. hehehe
    Parabéns a ambos!
    E o rodízio de pizza no final foi, como diria o LudoBardo, "um excelente prazer".

    • Ilapso says:

      E por isso eu não farei mais novas gravações, por ora, apenas darei novas roupagens às antigas.
      Essa abertura é velhaça. Foi remake.

      • A propósito, eu sempre achei que vocês deveriam repetir as aberturas antigas de tempos em tempos pra poupar trabalho.
        Ou então combinar com o seu amigo cantor de aberturas de animes (Rodrigo Rossi?) de gravar uma abertura oficial.
        Talvez pudessem até gravar duas pra trocar de 3 em 3 meses e a galera não ficar de saco cheio.

  17. […] EU GOSTO DE JÓGOS #126 – A MULHERADA NOS GAMES! […]

  18. Mestre do Universo says:

    Só uma correção… A Igreja católica não foi a "culpada" por tornar a mulher num ser inferior ou coisa parecida.
    Na Grécia antiga, as mulheres já eram desprezadas tendo a reprodução como sua função principal . Até a busca pelo prazer, os homens procuravam outros homens em vez das mulheres. Os gregos acreditavam que a mulher era enganosa e trancoeira como as serpentes. Já na cultura celta, elas realmente eram importante, pois os celtas acreditavam que as mulheres eram as únicas capazes de gerar filhos. Só que depois que eles descobriram que sem homens, elas não conseguiam gerar filhos sozinhas, as mulheres acabaram sendo "rebaixadas". Visto que elas não tinham a mesma força necessária para caçar e guerrear que nem os homens, elas não eram vista com tanta importância quanto antes.
    Acredito que as mulheres só se tornaram respeitadas no último século quando conseguiram o direito de votar, estudar e atingir cargos importantes como chefe de alguma grande empresa ou alguma posição politica. Enfim, quando ela passou a não ser mais sustentada pelo homem.

  19. Fabio says:

    É uma pena ter tão parcas mulheres no ramo dos games…

  20. LicantropoFilantropo says:

    Game girls são da hora, mas não suporto aquelas "gatas mega gostosas" segurando o controle ao contrário bancando a gamer! Puta merda! Minha, tira logo essa porra dessa roupa e pronto!!!

  21. LicantroFilantropo says:

    E aproveitando. Debs, minha querida. Você imitou minha voz igualizinha! Fuhuhuhuhuhuuh! Brincadeira! Ei moça, meu comentário sobre "seu jogo favorito" aparecer em cada cast foi para provocar seus fãboys e não você! Claro que entendo e concordo com a variedade de jogos favoritos. Não precisa ficar chateada minha querida conterrânea, se eu fosse quem nem o Link e tivesse quatro corações, dava um para você, mas como só tenho um, dei ele para a minha player 2. 😀
    Avraços!

Deixe seu recado

Powered by WordPress | Designed by: Free MMORPG Games | Thanks to Browser Games, Game Music and RPG Reviews


Konami Easter Egg by Adrian3.com



Konami Easter Egg by Adrian3.com