Review: Scott Pilgrim vs The World

Scott-Pilgrim-vs-the-World

Scott Pilgrim vs The World: The Game, baseado na série de quadrinhos Scott Pilgrim, e embarcando na onda do filme recém lançado, já está disponível na PSN a U$9,99 e chega à XBLA no dia 25.

A premissa é a de fazer uma homenagem aos beat’em up clássicos, tais como Final Fight e Streets of Rage. Os gráficos propositadamente pixelados dão a tônica das gerações de games dos anos 80 e 90, com direito a uma paródia à antiga mensagem do FBI “Winners don’t use drugs” presente em inúmeras máquinas de fliperama.

Os jogadores podem escolher entre Scott Pilgrim, Ramona Flowers, Stephen Stills e Kim Pine, cada um com golpes e especiais próprios – Scott, por exemplo, tem o lendário Tatsumakisenpuukyaku. Os personagens se desenvolvem ao longo do jogo, ganhando novas habilidades, “subindo de nível”, adicionando mais elementos de games que a própria série em quadrinhos homenageava tão bem. A interação com o cenário também é muito boa, permitindo ao jogador valer-se de quase tudo, de bolas de basquete a latas de lixo, que estivesse espalhado pelo chão para seguir sua jornada para derrotar os ex-namorados malignos de Ramona.

Dentro das possibilidades do 2D e do estilo de jogo, a Ubisoft conseguiu transmitir em um jogo muito do que Scott Pilgrim prega: Uma ode aos games das gerações 8 e 16 bits. Talvez tenha faltado ao jogo a ousadia de, apoiado às bases sólidas da simplicidade do gênero beat’em up 2D, inovar com as possibilidades que os novos consoles permitem, aproveitando mais a enorme quantidade de botões e analógicos. Ainda assim, o resultado é muito bom.

Nota: hadoukenhadoukenhadoukenhadouken

Você pode deixar um comentário, ou trackback do seu próprio site.

Deixe seu recado

Powered by WordPress | Designed by: Free MMORPG Games | Thanks to Browser Games, Game Music and RPG Reviews


Konami Easter Egg by Adrian3.com



Konami Easter Egg by Adrian3.com